segunda-feira, 12 de março de 2018

Lua

À luz o beijo da lua
irrigava as artérias da Terra;
Estro da mensagem
alumbrar assim os perdidos.

Natural e de aura crua
romântico e avassalador;
um beijo de magias
desceu à noite os arcanjos.

Cartesiano laço perfeito
simétrico na matriz da flor;
entre lábios eclipsados
lançaram o risco da criação.

Arcano de silêncios doces,
veleiro da noite dos apaixonados;
o caos para a harmonia,
o sol no espelho da existência.

ives vietro

9 comentários:

  1. A lua sempre inspiradora e encantando! abração,chica e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Nos "silêncios doces" pronunciam-se românticas realidades, que colocam em "risco a criação"!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Belo poema feito à luz da lua...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Por isso dizem que a lua é a musa inspiradora dos poetas, esse poema é a prova disso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. A lua e seus encantos, fazendo da realidade um momento mágico de poesia.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. A felicidade cabe inteiramente no peito de quem agradece os milagres diários, de quem perdoa a si mesmo e ao próximo.
    A felicidade é também agradecimento. BOM DIA!!

    Vitor Ávila

    Parabéns pela bela postagem
    Bjusss
    Rita!!

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema, bela descrição ara os enamorados.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. A Lua, o Mar... são elementos indispensáveis aos poetas, suas criações são lindas!
    Aplaudo você, Yves!
    Um restinho de feliz semana.
    bj

    ResponderExcluir
  9. Olá, querida Ives!
    "Cartesiano laço perfeito"...
    Um poema vindo do coração na essência dele... senti com um expremer o amro em forma de versos... Muito bonito!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm de paz e bem

    http://espiritual-marazul.blogspot.com.br/2018/04/amor-azul-enlacado.html

    ResponderExcluir