terça-feira, 7 de outubro de 2014

Alma tímida.

Fulgurados na voz os laivos do poeta
que não entrega facilmente os ecos da alma
Eflúvios derramados pela mãe natureza
à espreita os que buscam a inspirada coragem
na clara luz que banhou a alma tímida
que escondeu as gotas que regeneram a Terra
ives vietro

24 comentários:

  1. Olá Caro amigo,

    Forte esse texto, gostei muito da narraçao...

    Abçs

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ives.
    Linda e sensível poesia!

    ResponderExcluir
  3. (•ิ‿•ิ)✿

    Bonjour et merci pour ce partage Ives.
    C'est beau !

    BISES D'ASIE ㊑㊒㊓㊔㊕㊖

    ResponderExcluir
  4. Voz de locutor hein amigo Ives!
    Gostei...

    Beijos no coração!
    Desejo um lindo dia pra ti!

    ResponderExcluir
  5. A timidez é solta em cada verso escrito pelo poeta =)

    ResponderExcluir
  6. Oi ,Ives. a coragem dos poetas ecoam em seus versos, pois na poesia podemos dizer tudo para aqueles que nos entendem e ficar no mistério para quem não sonha.
    um abraço

    ResponderExcluir
  7. Um tanto complexo, porém bonito. Gostei da narração.
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Os ecos da alma são tantos, que o poeta não consegue abafá-los!!
    Adorei! E ouvindo, então... melhor ;)

    Beijoo'o
    Obrigada pela visita, espero te ver mais vezes lá no Bem-me-quer!

    ResponderExcluir
  9. Vc não está tímido...já colocou até vídeo aqui kkkkk...é isso aí.
    Adorei!
    Abçs

    ResponderExcluir
  10. Muito bonito, aliás, são palavras que dizem muito.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Lindo e que bom te ouvir!!Valeu! abraços, chica

    ResponderExcluir
  12. Oi amigo, vim lhe desejar uma ótima semana, abraços!!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ives!
    A voz contém toda a carga emocional que encerram as palavras e essas por si dizem como o poeta sente o mundo ao seu redor. A natureza absorve toda a complexidade que paira sobre ela e olhamos tudo isso como se fosse algo simples, de tão acostumado está o nosso olhar.

    ResponderExcluir
  14. Em tempo:
    Aproveito para te convidar a participar da 9ª Edição do BookCrossing Blogueiro que acontecerá entre os dias 08 a 16 de Novembro.
    Ficarei feliz com a sua presença!

    ResponderExcluir
  15. A narração ficou excelente numa voz possante que não denota timidez. O texto aflora a tua sensibilidade.
    Obrigado pela visita.
    Abração.

    ResponderExcluir
  16. Oi Íves,
    Ouvi seu vídeo e declama muito bem sentimentos.
    Ecos da alma minimizamos, mas sempre ouviremos baixinho.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  17. As gotas que regeneram a terra estão escondidas nas palavras do poeta. Muito bom.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Olá meu querido passei porque te encontrei num outro caminho e resolvi entrar o teu poema está lindo, o teu blogue está lindo.
    E tu meu amigo estas sempre o mesmo menino, beijinhos de luz e um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  19. Olá, Íves,

    Belíssimos e intensos versos e parabéns pelo belo recitar dos mesmos.
    Amei!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Os ecos da alma são difíceis de entregar, amigo. São segredos do nosso " eu " que queremos guardar só para nós. Tenho dificuldade em fazer isso, embora às vezes ache que deveria aprender a reter cá dentro as inquietudes da minha alma. Sou um livro muito aberto e sinto uma enorme dificuldade em dizer, por exemplo, que está tudo bem, se por acaso não estiver. Com o passar do tempo fui aprendendo a não abrir as páginas todas com determinadas pessoas, mas custa... Gostei muito de te ouvir. Profundas palavras, como sempre. Um beijinho e até sempre.
    Emília

    ResponderExcluir
  21. Bela poesia e narração! :)
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Foi uma surpresa o vídeo em que o amigo lê o seu poema. Gostei muito.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  23. OBRIGADA PELA SUA VISITA E PELO SEU COMENTÁRIO. É CLARO QUE PERMITO QUE ME SIGAS E EU TAMBÉM ESTAREI TE SEGUINDO. É SEMPRE BOM FAZER NOVOS AMIGOS E É COM IMENSO PRAZER QUE O RECEBO NO ROL DOS MEUS ELHORES AMIGOS!
    AMEI SEU BLOGGER MESMO NÃO SENDO FLORIDO A MENSAGEM TOCA FUNDO NO CORAÇÃO DA GENTE!
    VOLTA SEMPRE E DESCULPA A DEMORA , É FIZ UMA CIRURGIA, NADA GRAVE , APENAS ROTINA MAS SEMPRE HÁ UM PERÍODO DE REPOUSO!
    UM GRANDE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  24. Os poetas vertem na sua escrita a sua alma e fundem-se nos eflúvios que os rodeia...
    Belo, Ives.
    Bjo :)

    ResponderExcluir