sábado, 8 de junho de 2013

portas!

O coração gela quando a porta do possível adeus é fechada e já não tenho controle dos meus passos querendo voltar! Da evolução tenho míseros pássaros cantando, as divinas profecias do amor. A Dama de olhar perigoso perguntou se no sábado a noite, quem ama tem como coragem, jogar e deixa-la sozinha? Não! E novamente as portas se fecham e não posso ver aquilo que quem esta fora pode sentir! Quanta desarmonia no que poderia apenas concordar em dissonâncias comuns, mas há também o desejo da posse e o Sr Interesse sempre voltado para a sociedade elitizada! E o menino de olhar potente não dava mais de suas graças a quem não poderia ouvi-lo, e acabou sozinho com a porta fechada, mas agora ele tinha o que basta para o universo de quem vive de poesia. Falava em filosofia, mas perante a paixão ainda não sabemos o que somos, e me atiro racionalmente em desejos e fossos profundos e claros como a luz que brilha diante dos meus olhos! Que dos gigantes da alma eu pude controlar quando cresci em seus braços adversos, mas que podem abraçar uma causa de amigo que tenta entender a dimensão do universo! Bastamos-nos e sinto que sob o seus cabelos nada mais faz sentido, e deixe assim, prefiro a porta fechada! abraços

16 comentários:

  1. Quando fechamos a porta para permitir a entrada da dor é uma sabedoria. Só precisamos ter cuidado para não deixá-la assim por um tempo longo demais pois a felicidade pode passar sem que nos apercebamos a sua presença. Lindo texto amigo Ives
    Uma linda tarde para você. Hoje venho te convidar para a nossa festa de comemoração. E ela está acontecendo porque você sempre se fez presente no meu espaço levando o seu imenso carinho. Deixo meu sincero agradecimento e te espero para mais esta singela celebração.
    Beijos com meu eterno carinho
    Da amiga de sempre
    Gracita

    ResponderExcluir
  2. Um texto muito interessante !

    ResponderExcluir
  3. Buscar sentido, fica sem sentido, quando se está onde se quer estar.


    Rosa Mattos
    http://contosdarosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Um texto para ler e reflectir.
    Desejo que esteja bem.
    Bom fim de semana.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  5. Oi Ives

    Devemos deixar a porta semiaberta, por um vão entra a felicidade e por outro sai a tristeza. Não podemos ser muito extremistas, pois a gente sempre sai perdendo.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  6. Negociar sempre com a dor e o amor, com a felicidade e a tristeza, com o depender e independer é a serenidade, a pausa que precisamos para iluminação de nossos passos.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  7. Caro Ives,

    Belíssima e profunda esta tua prosa poética.

    As portas simbolicamente representam estágios,

    e algumas portas necessitam serem fechadas,

    para que outras possam serem abertas...

    "Da evolução tenho míseros pássaros cantando,

    as divinas profecias do amor."

    Bela construção poética!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Dei um basta no sofrimento, fechei a porta.

    Bom domingo Ives.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  9. As vezes custa-nos muito fechar a porta, mas uma vez feito é para sempre.

    Bom domingo.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Esta é a página do Facebook do meu novo livro de poesia "Em Teus Olhos Seria Vida".
    Gostava de poder contar com o teu "gosto" na minha página.
    Obrigado!

    www.facebook.com/EmTeusOlhosSeriaVida

    ou em:

    poesiafaclube.com/store/josé-manuel-pereira-"em-teus-olhos-seria-vida"

    =)

    ResponderExcluir
  11. Olá Ives
    Quando a berta está aberta, pode-se entrar a dor ou a alegria. Será que vale a pena correr o risco?
    Boa semana
    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Olá meu menino lindo, te desejo uma linda e abênçoada semana cheias de tudo de bom, e muito agradecida pela visita, sabe querido agora já não te perco de vista pois fiz uma moldurinha com a tua foto para chegar sempre aqui.
    Beijinhos de luz e muita paz na vida.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia, Ives! Grata pela visita, que me fez chegar aqui mais uma vez e pensar nas portas que fechei e talvez seja tempo de abrir e em outras, que deverão ser seladas para sempre. Boa semana!

    ResponderExcluir
  14. Olá Ives!
    Sempre nos brinda com belos textos.
    Hoje quero te parabenizar também pelo seu aniversário!!!
    Felicidades hoje e sempre.
    Que nunca te falte lindas inspirações.
    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir
  15. Olá, Ives!
    É sempre muito bom encontrar uma cara nova no meu blog. Muito obrigada pela visita.
    Vejo que escreve e, como escreve!
    Uma prosa ligeira, encadeada, viva. Gostei muito do seu estilo.
    Fico como sua seguidora e escusado será dizer que a sua presença no meu painel de seguidores me deixaria muito feliz!
    Beijo

    ResponderExcluir